segunda-feira, 9 de março de 2015

Trabalhador Braçal

Lembrar do passado aperta o peito
Principalmente o meu,
que sonhava em ser poetiza
carregando as dores do mundo
e palavras bonitas.
Nada mais que ser comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário