segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

AMOR PROLETÁRIO


Eu não sei nada
Dos operários
Dos proletários
Da questão social
Só sei
do meu próprio mal
verso final
de você
que tanto luta
Milita
Pra me fazer melhor

Nenhum comentário:

Postar um comentário